Demissão – Fim da Impactro

24/3/2012 14:25:00 - Fábio Ferreira de Souza

A vida de funcionario é muito simples, afinal se não estiver concente, é só se deminir, pois há muito emprego bom para qualquer profissional qualificado.
Mas o que fazer quando se é o “dono” e “único” funcionário de uma empresa onde manter os clientes não é mais viável ?

Hoje tenho 2 empregos, um na ControlID, e outro na minha falida Impactro, onde tento apenas manter as coisas funcionando.
Mas a cada dia vejo as questões realacionadas com empreendedorismo não são mais uma realidade para mim.
Estudando agora Engenharia de Software na Pos-Graduação vejo que continuar tentando manter a impactro é inviável, é tudo muito pequeno, perto de algumas novas ideias que tenho pensado em fazer (Produto Certo 3 em SOA)

A escritura biblica de Jesus abaixo, está sempre em minha mente…

"Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro...."

É dificil continuar com a impactro por causa do alto indice de inadiplencia, mesmo eu cobrando muito baranto ao meu ver.
Por outro lado, fico animado com o mercado de trabalho e a visão que aprendo hoje na Pos-Graduação, e as novas experiencias como funcionario e membro de uma equipe.

Hoje estou trabalhando, em pleno sábado, e amanhã, no domingão tambem… e todos os dias da semana, em horarios extras ao trabalho (de madrugadas e a noite), a troco do que ? Alguns valores a mais na conta ? ao custo de eu não conseguir ter tempo para curtir minhas filhas, minha esposa e até eu mesmo poder me dar ao luxo de descansar, dormir até tarde, ver um filme, jogar video game, passear… em fim qualidade de vida não tem nada a ver com o quanto de dinheiro há na conta, mas sim na paz e no prazer de poder curtir a vida com quem amamos.

Infelizmente alguns dos empresários que são meus clientes, quando veem minha situação oferecem apenas mais dinheiro, e em alguns casos agora oferecem até mais que o dobro de quando eu não tinha outro emprego, e por consideração e necessidade acabo cedendo momentaneamente, mas isso faz eu me sentir um mercenario sujo e materialista.

Agora mais do que nunca entendo porque agencias e consultorias cobram no minimo 10 vezes mais do que eu, e não fazem nem a metade do que eu sozinho consigo fazer, nem no dobro do tempo!
As agencias, tem processos, procedimentos, estrutura, advogados, analistas, designs, programadores, e toda uma estrutura para manter-se, independente da insatisfação de um ou outro funcionario que por ventura pode sair a qualquer momento; Ao contratio é dificil crêr em prequenas empreas, pois mais um fator de sorte, oportunidades, ou trapassas ilegais. Tentei fazer tudo certo, dentro da lei, mas vencer a pirataria e os software open-source não é impossivel, então parto para outras experiencias.

Penso que é muito importante reconhecer um bom profissional em quanto ele faz as coisas boas, não quando este decide sair, pois quando eu decidir parar com tudo a uns meses atraz e olhar para novos horizontes eu não imaginava o quanto poderia ser legal esta nova faze de descobertas e aprendizado, vi que o mundo é bem maior do que a bolha que eu vivia, e há muitas e melhores oportunidades para um profissional do meu nivel no mercado, do que sozinho criando mais sisteminhas para competir com tantos outros que são “gratuitos” ou gigantes pagos.

Assim hoje oficialmente decreto a “falência” da Impactro...

Para os clientes atuais que ainda estão comigo, estes poderão ir para qualquer revenda, ou podem comprar uma licensa de instalação perpetua e hospedar o site em qualquer provedor.
Somente quem comprou a licensa do Produto Certo terá acesso ao código fonte mais recente, para continuar o desenvolvimento e manutenção indepedente.

Continuarei assim apenas com as patentes de marca nominativa “Produto Certo” e “impactro” e os registros dos dominios.

Os servidores da impactro ficarão em funcionamento até Junho/2012
Até Junho cada cliente hospedado deverá, procurar migrar para uma revenda que comprou a licensa para continuar com seus sites.
Estarei continuando o desenvolvimento e suporte ao Produto Certo apenas junto as Revendas Licenciadas, que agora serão denominadas “integradoras de solução” onde poderei focar apenas em desenvolvimento e suporte a nivel tecnico, sem mais ter que lidar com probleminhas de suporte, inadiplencias, treinamentos a nivel de usuário final.