Desabafo!

30/1/2010 18:24:00 - Fábio Ferreira de Souza

É muito difícil falar de valores de softwares ou serviços no Brasil!
A maioria das pessoas tem o costume de comprar qualquer software que precisa por alguns Reais na da esquina, ou baixar via internet, e com isso o referencial de valores de Software se perde.
Também nos achamos no direito de ter tudo pelo menor preço, barganhamos sempre mesmo quando podemos até pagar o valor estipulado ou negociamos descontos de acordo com a forma de pagamento, afinal tudo tem algum juros incluso, fator de risco, garantia, etc.
Muitas vezes chantageamos o prestador de serviços a baixar o preço ou cancelamos e contratamos outra empresa, é a lei do descartável.
A lei da oferta e procura nem sempre prioriza a qualidade e sim o preço!
Várias empresas “renomadas” com milhares de clientes “ditam” os preços, inviabilizando pequenas empresas a oferecerem o mesmo tipo de serviço, e até com mais qualidade, pois o limite do preço dificulta muito.
A maioria das pessoas compra um carro e apenas anda e coloca combustível carro, e achamos um absurdo, quando quebra alguma peça, e independente de qual peça quebrou e qual o serviço terá que ser feito, queremos que seja feito perfeitamente por um engenheiro, e de preferência que tenha projetado o carro, e que a peça a ser trocada seja feita do melhor material e mais resistente para que nunca seja necessário efetuar uma nova troca daquela peça.
Quando se está doente o corretor seria ir ao médico, mas todo mundo tem uma boa solução caseira, uma formula mágica que levanta qualquer defunto, mas quando a coisa é grave só um medico mesmo consegue pelo menos diagnosticar, mas se terá cura e quanto irá custar os medicamentos ai é outra história.
Todos têm um primo ou sobrinho, aquele “amiginho”, moleque que fica o dia todo jogando ou teclando nas redes sociais gratuitas: YouTube, MySpace, Orkut, Twiter, ou simplesmente Blogando, e que também pode fazer seu site, e se responsabilizar por ele, durante a vida toda, e ainda sem cobrar nada alem do presente de Natal todo ano, afinal de contas ele mora com os pais, não tem esposa, nem filhos, nem funcionários, e nenhuma conta para pagar, e assim sem nenhum custo o que vier é lucro! E o garoto tem futuro sim, afinal eu comecei assim ;) nerdizinho com 13 anos... mas hoje com 33 anos, casado, com 2 filhas, servidores próprio, escritório, casa, carro, muitas contas e sem tempo para quase nada, fica difícil competir!
Sou Engenheiro de Computadores e Técnico Eletrônico e Mecânico, e já perdia a conta de quantos cursos de especialização profissionalizantes que fiz, tenho certificados do SENAI, Microsoft e Adobe, e diversos outros de empresas menos renomadas, resumindo, se passei mais de 20 anos estudando “informática”, “eletrônica” e “mecânica” algum conhecimento devo ter, algum tempo devo ter gasto, e algum dinheiro devo ter pagado para adquirir todo esse conhecimento, e ano que vem começo minha Pos-Graduação, afinal acho que gosto de estudar e aprender, ou melhor, reaprender, pois a cada dia a tecnologia muda e evolui assim o “Clipper” que aprendi a mais de 15 anos atrás não seja mais usado hoje em dia, mas há conceitos lógicos imutáveis que quanto mais uso mais experiência adquiro.
Pessoas me perguntam é: Quanto custa para fazer um site?
Mas site não deixa de ser um software, e que precisa passar por todas as etapas de um projeto como: Levantamento dos Requisitos, Casos de Uso, Escolha da Tecnologia, Estruturação, Administração, Hospedagem, Testes, Fornecimento de Conteúdo, Homologação, Planejamento, Execução, Ajustes, Manutenção Continuada.
O mais divertido é quando alguém me pergunta “Os porquê de tudo”
Por que preciso de um site com Web Marketing ?
Por que fazer nesta linguagem e não na outra?
Por que ter uma hospedagem internacional e não no Brasil?
Por que é necessário ter tudo dinâmico?
Por que preciso aprender alguma coisa se estou te contratando para isso?
Por que tenho que pagar e usar um Framework?
Por que tenho que alugar um sistema em vez de tem um próprio meu?
Por que tenho que ter um antivírus?
Por que preciso de backup?
Por que usar software original?
Afinal por que preciso de computador, internet, conhecimento, e energia?
É quase como se passasse um filme em minha mente!
Mas como seria difícil dar uma resposta técnica e justa, ultimamente tenho sempre dado respostas “comerciais”, como “é mais barato” (isso todo mundo entende), “vai te dar mais lucro” (algumas pessoas enxergam mais lucro como mais trabalho), “e mais moderno” (uso com os homens), ou “é mais bonito e elegante” (para as mulheres), “é muito caro e não compensa” (também todo mundo entende).
Uma pergunta que eu não seguro a resposta é “Como faço para criar um site?”
Bem, é simples, faz-se da mesma forma que se faz um filho.
Já ouviu falar de “Planejamento Familiar”, basicamente se resume na frase “amor não enche a barriga de ninguém”, ou seja, você quer “criar” um site, um animalzinho, ou um filho, então se prepare, terá que alimentá-lo constantemente, cuidar dele, ou contratar uma “babá” para isso, terá que fazer a manutenção preventiva e corretiva, terá que dar vacinas.
Em fim todos querem ter seu próprio “RoboCop”, para trabalhar automaticamente para você gerando lucro e sem te dar nenhum trabalho nem exigir seu tempo ou de nenhum funcionário ou qualquer treinamento, e ainda de graça de preferência.
Mas a realidade que tenho visto são pessoas contratando “Exterminadores do Futuro”, usando serviços baratos ou até gratuitos, de péssima qualidade gerencial, atendimento e infra-estrutura, e assim fica “Exterminado” qualquer expectativa diferente relacionada a ter seu próprio site de sucesso.