GDD 2010 – Google Developer Day

30/10/2010 17:11:00 - Fábio Ferreira de Souza

Ontem dia 29/10 fui ao evento anual para desenvolvedores do Google.
Foi muito legal, o evento, e o totalmente focado em conteúdo técnico comparado a diversos outros que já fui!
Agora entendo o porque durante o processo de inscrição tive que responder ao QUIZ (provinha de 5 questões: clique aqui para ver), houve 6000 inscritos, mas 1000 aprovados.

Me senti em um mundo diferente, em um ambiente Nerd ou Geek, como se diz hoje em dia, tinha um dj tocando musicas eletrônicas e rock que dava um clima muito amigável! acho que foi a maior concentração de programadores por metro quadrado.

Pude conhecer pessoalmente algumas pessoas da comunidade GTUG que agora faço e tem me ajudado e indicado muitas referencias técnicas quando preciso! Muito obrigado!

O engraçado é que nunca tinha visto tanta gente com MAC, vi algumas telas com Linux, e poucas com Windows! realmente quem desenvolver para o Google parece ter um outro perfil conta a Microsoft…

Aqui para ser objetivo vou postar minhas opiniões pessoais e profissionais.

ABERTURA DE INTRODUÇÃO

É fato com o HTML5, o Flash e Silverlight não serão mais necessários! Google está investindo em HTML4, HTML5, XML, JSON, CSS e JavaScript. A ideia de instalar plugins não é bem vista mais nem pela MAC e nem pelo Google e Linux, ficando assim restrito apenas para ambientes Microsoft.

O grande problema dos “Plug-in” antigamente era apenas a segurança, pois são programas executáveis que podem fazer qualquer coisa nociva na máquina, mas agora com tantos dispositivos com diferentes sistemas operacionais e browsers, ter um site que dependa de algum programa para funcionar é limitar o acesso a um percentual de usuários.

O numero de usuários Linux estão crescendo, as faculdades e organizações sem fim lucrativos tem apoiado o software livre, e o numero de pessoas que tem um celular que acessa a internet também tem aumentado, e com a crescente adesão ao IPhone, algumas pessoas já estão se acostumando a usar um MAC-OS, e com a redução da diferença de prelo entre um PC  e um MAC, novos usuários de MAC estão surgindo e também o a utilização dos IPods e IPads colaboram para o crescimento.

De acordo com algumas pesquisas o Android (Sistema operacional para celulares do google) tem tido uma adesão maior do que o próprio IPhone, que é o líder de mercado! a grande diferencia que o IPhone, é proprietário apenas a dispositivos da MAC, já o android é Open-Source, e faz tudo que um IPhone faz, e algumas até melhor! E toda a API de desenvolvimento é bem mais simplificada e moderna, seguindo padrões de sintaxe  Java ou CShap .Net. E a proxima versão já está sendo desenvolvida totalmente otimizada a performance para Games e TV!

Sensores de movimentação e localização (acelerômetro e GPS) em celulares é uma novidade, mas a tendência é que estes itens no futuro estarão presentes na maioria dos dispositivos moveis como Netbooks e Notebooks. o HTML5 já dá suporte a sensores.

Multimídia 2D e 3D com performance gráfica para aplicativos e jogos, é outra característica nativa do HTML5 (SVG, CANVAS) assim a grande tendência é a Web em qualquer dispositivo com qualquer sistema operacional sempre com HTML5

Microprocessadores como o Intel Aton e vários outros tem permitido os celulares deixarem de ser apenas dispositivos pare realizar ligações.

As definições do HTML5 já existem a 2 anos, e as ultimas versões do Internet Explorer, Crome, Firefox, safari, já estão com muitas funcionalidades implementadas. Alguns sites e portais como Youtube, já estão se beneficiando dos novos recursos do HTML5 quando detectam que a máquina e o browser cliente é compatível.

Algo que achei ruim é que a maioria das palestras foram em inglês, ou seja, será que tem no Brasil alguém no Google com o conhecimento necessário das tecnologias apresentadas ? Creio que não, o Google Brasil aqui é muito fraco, resume-se em suporte ao AdWords!

Palestras

Foram várias palestras concorrentes no mesmo horário, li alguma informações de outras pessoas via twitter, mas no geral foi muito proveitoso e cansativo, pois eram 45 minutos, e mal dava para fazer perguntas ao final.

O Web Toolkit do Google (GWT) é um framework incrível com diversos recursos muito interessantes para o desenvolvimento de sites, totalmente otimizados para funcionar em qualquer dispositivo e browser.

Vendo algumas demos é nítido ver que os projetos são sempre N-Camadas, os sites apresentados lembram muitos aplicativos locais, mas são aplicativos Web que tem um alto consumo de carga de processamento local, seja usando recursos de hardware como até identificação de voz e outros sensores, a utilização da GPU (placa de vídeo acelerada), ou seja criar um sistema convencionar (.exe) será cada vez mais raro, pois com já dá para fazer tudo com HTML e AJAX.

Por isso desenvolver para Web tem se tornado cada vez mais difícil e complicado, mesmo com tantas API e Framework, os critérios de desenvolvimento e o conhecimento de infraestrutura são cada vez mais abstratos e necessários.

Na pratica todo dia surgem coisas novas, mas todos temos que ganhar dinheiro e manter nossos sites, programas e sistemas funcionando o que não sobra tempo para uma aprendizagem continuada.

A API para o Google  Maps v.3 é totalmente nova, mais fácil de usar, e compatível com qualquer dispositivo.

O “Cloud Computing” mais conhecido como “Nuvem” tem se popularizado muito ultimamente, o Google App Engine (GAE) procura ter alguns diferenciais o que o torna um pouco mais caro em relação a maioria, mas consequentemente os recursos e suporte a programas e gerenciamento são bem melhores.

O Google Storage permite armazenar qualquer tipo de arquivo para montar uma CDN.

O Google Predication, é um novo serviço que permite fazer analise baseado em inteligência artificial: basta treinar e configurar o modelos e aplicar o que desejar… “seria esse o inicio da Skynet ?” eheheh Smiley piscando

O Google está padronizando suas API e preferindo sempre usar as tecnologias “Open Source” e padrões simples e abertos como REST, JSON e XML, também o uso de padrões OpenID e alguns outros padrões para interoperar alguns Gadgets, e ferramentas para meio de pagamentos.

O GDD foi incrível, mas agora tenho muita lição de casa para fazer: aprender a usar tantas coisas e colocar em produção!